Aqui quem fala é a mamãe

Quando começamos esse blog, foi pra poder desabafar, com o tempo fomos escrevendo de tudo um pouco, mas o que acontece é que lembramos mais dele quando estamos vivendo um momento difícil. É uma forma de conversar com vocês, de desabafar, de ajudar o próximo, de tornar tudo mais leve pra gente.

Domingo e segunda foram os piores dias por enquanto, ver nossa pitica ter convulsões me deixou fora do eixo. Me deixou sem esperanças. Ver ela toda amoada,sem reagir, sem brincar, me fez por um momento pensar que não teria mais volta. Mas, hoje ela acordou “a Cecília de sempre” (como as próprias enfermeiras falaram) e nos encheu de alegria novamente. E por enquanto, nenhuma nova convulsão (amém). Essa é a vida real, sem ensaios, sem previsões, sem exatas, sem controle. Por isso a importância de viver um dia de cada vez. Baaaah que tarefinha mais difícil hein? Let’s go exercitar.

Essa é a internação mais longa da Cecília depois da UTI Neonatal. Ela teve outras intercorrências, outras cirurgias, mas nunca passou de 3 dias internada. Hoje já são 9 dias. Confesso que não tô contando os dias pra sair não, na verdade nem penso isso, pra mim, o hospital é um lugar seguro. Nada melhor do que a casa da gente, mas no estado em que ela se encontra, o hospital é a melhor casinha pra ela nesse momento. Lá tem muitas enfermeiras e técnicas MARAVILHOSAS, muitos pediatras DIVINOS e toda assistência necessária. Nossa filha é muito respeitada e atendida com muito carinho por todas… em resumo, todo mundo mima ela e todas as outras crianças que lá estão. Podemos estar passando por um momento difícil, mas sempre encontramos um abraço apertado, uma palavra de carinho e até momentos de dar risada com os profissionais de lá.

Sem contar a imensa rede de energia positiva que recebemos diariamente de nossos amigos e familiares! Vocês são incríveis, muito obrigada pelo carinho. Infelizmente não da pra responder um a um, pois o tempo livre é escasso por aqui, mas saibam que vocês todos são lembrados nas minhas orações, pedindo sempre em dobro tudo o que vocês desejam pra Ceci e pra gente!

Ah! Tava pensando aqui que há um ano atrás a gente vivia essa mesma rotina lá na UTI Neonatal quando a Ceci nasceu. Agora eu passo todos os dias pela porta da Neo e fico lembrando tudo que passei naquela época, todas as nossas dúvidas, sofrimentos, angústias e alegrias vividas intensamente naqueles 51 dias. Hoje, a gente continua tendo todo esse tipo de sentimento. Viu só como a vida não tem controle?

“Não é preciso apressar o passo, mas acalmar o coração…”

Anúncios

Um comentário sobre “Aqui quem fala é a mamãe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s